top of page

Que bom que você chegou!

1af035b9-cdd1-43fb-9995-b0438ca0411e.jpg

Rota 55 
O melhor trecho do litoral paulista!

O turista é capaz de se manter entretido por muitos dias!

São muitas atrações e emoções!

z-logo-booking.jpeg

Turismo de experiências

Arquipélago de Alcatrazes

Os amantes da natureza e vida silvestre têm um bom motivo pra comemorar. Desde o fim do ano passado, o Refúgio de Vida Silvestre do Arquipélago de Alcatrazes iniciou oficialmente as operações de visita embarcada na região. O conjunto de ilhas fica a cerca de 40km de São Sebastião, e é considerado um local essencial para o desenvolvimento da vida silvestre na região. Pra chegar até lá, são 2 a 3 horas de barco, dependendo das condições do mar. Conhecido como um dos maiores ninhais de aves marinhas do Brasil, o arquipélago serviu muito tempo como área de treinamento da Marinha do Brasil. Depois de muita luta dos ambientalistas, a unidade de conservação foi liberada para visitação, porém seguindo regras estipuladas pelo Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio). Em todo o território, são quase 1.300 espécies de flora e fauna, estando pelo menos 93 delas sob algum grau de ameaça de extinção. No arquipélago foram registradas 100 espécies de aves, dentre visitantes e residentes, além de um dos maiores ninhais de aves marinhas do país. Estão protegidas em Alcatrazes 259 espécies de peixes, dentre elas, algumas com destaque em seu papel ecológico ou ameaçadas de extinção, como a garoupa, o tubarão-martelo, o cação-anjo, a raia-viola e a raia-manta.

Se gostar desta ideia, basta marcar com estas operadoras:
Mako Dive Center (12) 9 9710-9375
Clube Náutico B.E.N (12) 3865-1945 / (12)9 9631-2182
Maresias Tur (12) 99650-9051

Saiba mais sobre o ARQUIPÉLAGO

Montão de Trigo

No horizonte um paraíso… No local, um povoado remoto de vida simples…

A Ilha Montão de Trigo é um dos recantos mais incríveis da região, com vida e beleza únicas! Cercado de águas cristalinas de coloração verde esmeralda, com ampla visibilidade, ótimas condições para todos os tipos de mergulho e uma gama de vida marinha,  uma vez que o local é bem preservado. No caminho e nos arredores é quase certo o avistamento de golfinhos e baleias, uma vez que a ilha está na rota desses cetáceos. Como todo o litoral da ilha é rochoso, o embarque e desembarque é feito por canoas, com ajuda dos moradores locais.

O cume da ilha está a cerca de 300 metros acima do nível do mar, sendo um ponto para contemplação da paisagem esplêndida que a circunda, de um lado o relevo da Serra do Mar, do outro, um vasto oceano com  vista para Ilha das Couves, as Ilhas (em Barra do Sahy), Alcatrazes  e Ilhabela. Você pode alcançar este mirante andando apenas 40 minutos em meio ao povoado tradicional que habita a ilha.        

O Montão de Trigo foi batizado com esse nome pelos colonizadores portugueses por ter um formato cônico que lembra realmente um montinho de trigo. A ilha possui aproximadamente 1,3km² de área, onde moram apenas 10 famílias, um total de 45 habitantes, que vivem basicamente da pesca artesanal e de pequenos artesanatos expostos aos turistas.

Nos últimos três séculos a ilha foi habitada por famílias de caiçaras. Não se sabe ao certo como a ilha passou a ser povoada; os locais mencionam histórias envolvendo dois casais de irmãos fundadores. Atualmente, só quem casa ou é descendente de um morador pode habitar a ilha, onde as condições de vida são bem simples e o casamento co-sanguíneo é bastante comum.

Saiba mais sobre O MONTÃO DE TRIGO